Golpes na internet: como se proteger

Golpistas aproveitam da fragilidade dos leitores para pegar dados bancários.

Em tempos no qual a internet é a principal fonte de informações, é preciso redobrar a atenção com os golpes e notícias falsas. Durante a pandemia de Covid-19, o novo Coronavírus, hackers e golpistas têm se aproveitado das notícias verdadeiras para enganar os leitores.

As duas principais notícias falam sobre a distribuição de álcool em gel por uma empresa de cerveja e sobre a abertura de serviços de streaming para todo o público. São informações verdadeiras, porém não em seu todo. Apenas algumas empresas de streamings liberaram o acesso e o álcool em gel será apenas para hospitais.

Viu como é fácil se confundir? Por isso, trouxemos algumas dicas para você não cair nesse tipo de golpe que, em sua maioria, acontece via WhatsApp:

– Não se desespere: no momento em que estamos vivendo, é fácil se assustar com algo que a gente lê. Tente verificar a informação com calma e não clique em nada por impulso.

– Verifique se quem está mandando a mensagem é um contato de confiança: Se for um número desconhecido, evite clicar no link.

– Não baixe nenhum aplicativo através de links enviados nas redes sociais: Só faça o download através do Play Store (Android) e Apple Store (iOs) após confirmar a veracidade do app.

– Verifique a existência de vírus: hoje em dia, a maioria dos celulares vem com um dispositivo de varredura para detecção de ameaças. Realize esse procedimento toda vez que receber um conteúdo suspeito.

– Converse com as pessoas: golpistas costumam agir com envios em massa, então se certifique de que algum amigo/familiar recebeu o conteúdo e se ele sabe da veracidade da informação.

– Atente-se aos detalhes: pode parecer mentira, mas muitos golpes costumam apresentar erros ortográficos, além de a foto de perfil não ser original.

– Não forneça dados de cartão: utilize apenas seu cartão de crédito para compras online em lojas de confiança. Se alguém pedir qualquer quantia através desses links, não acredite e denuncie.

– Avalie os benefícios: se a mensagem promete brindes e condições muito fora do comum, desconfie. Ninguém oferece promoções sem ganhar nada em troca.

– Use a internet a seu favor: apesar de ser um meio com muita informação falsa espalhada, é um grande aliado na sua busca pela veracidade dos dados recebidos. Pesquise em grandes sites confiáveis.

– Use palavras-chave: além de pesquisar nos principais portais, procure jogar no buscador o assunto da mensagem recebida + a palavra “golpe”. Isso ajuda a descobrir se realmente se trata de algo falso.

– Não forneça senhas: sites de confiança costumam aconselhar que você não compartilhe senhas, então fique atento quando alguma mensagem solicitar dados, principalmente de banco.

– Vá para o site oficial: recebeu algum link pelo Whatsapp? Vá ao site da empresa que supostamente está fazendo a promoção e confirme se a informação é real. Se for uma ação, com certeza irá constar no site ou nas redes sociais dela.

– Se proteja: caso já tenha caído no golpe, cancele imediatamente o cartão utilizado, emita um boletim de ocorrência e ative o antivírus do seu aparelho para evitar aplicativos espiões.

– Home Office perigoso: trabalhar de casa deixa as pessoas mais conectadas (reuniões online, projetos) e mais suscetíveis a caírem em golpes. Redobre a atenção.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos, familiares e colegas de trabalho para que eles não caiam em golpes da internet. E cuide-se! Fique em casa e lave as mãos.

Fonte: O Globo

40 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *