Startup depois dos 50 é sucesso!

Sócias contam como se uniram para criar a Morar com Você

Se você acha que passou dos 50 e por isso não tem mais idade para iniciar uma empresa, precisa conhecer a história da Veronique e da Marta! Elas se conheceram num workshop sobre “Reinvenção do Trabalho para Pessoas 60+” em 2016 e resolveram empreender juntas.

Veronique Forat é especialista em Marketing de Relacionamento e Comunicação há mais de 30 anos, tendo atuado em grandes empresas multinacionais, inclusive fora do país; e Marta Monteiro é especialista no Mercado Imobiliário há 15 anos, atuando no segmento de imóveis residenciais tanto na cidade de São Paulo como no interior do Estado.

Quando se conheceram, descobriram um interesse em comum: moradias compartilhadas. Elas resolveram se aprofundar em estudos e pesquisas sobre o assunto no Brasil e no mundo, e começaram a estruturar um modelo de negócio capaz de suprir a demanda de mercado neste setor. Foi assim que surgiu o site Morar com Você, que conecta pessoas compatíveis para morar junto e ainda auxilia a encontrar o imóvel perfeito.

“Em dez dias de pesquisa recebemos 1.160 respostas, sendo que 85% afirmaram que em algum momento de suas vidas teriam interesse por morar de forma compartilhada”, contam as sócias.

Analisando as dificuldades citadas, começaram a pensar como poderiam montar um negócio que auxiliasse as pessoas a localizar gente compatível para dividir a moradia e ainda ajudasse os grupos a chegarem num acordo com relação aos aspectos práticos de tipo de moradia, localidade, investimento, entre outros aspectos importantes.

Para elas, empreender nessa fase da vida é bastante desafiador, mas ao mesmo tempo rejuvenescedor. “Todos os dias temos novos desafios e enfrentá-los nos mantêm ativas e criativas. Temos nos sentimos muito bem por saber que hoje, fazendo parte desse mundo de startups, temos aprendido muito com os mais jovens – e que é muito bom para termos maturidade para resolver questões cotidianas do negócio e ao mesmo tempo estarmos abertas ao aprendizado contínuo.”, explica Marta.

As sócias deixam um conselho a quem já passou dos 50 e quer empreender: “iniciar essa jornada na maturidade é muito melhor, principalmente se houver abertura para receber ideias de cabeças bem mais jovens. Além de desenvolver um negócio novo através do conhecimento adquirido durante os anos de carreira profissional, a experiência de vida em enfrentar dificuldades acrescenta muito mais valor ao negócio, pois encurtam os caminhos nas tomadas de decisão”.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *