Isolamento: como manter a mente ativa

Novas atividades são bem-vindas.

Devido à pandemia do novo Coronavírus, grande parte da população que está em isolamento social precisa se reinventar e criar novos hábitos.

Organizar seu dia através de calendários, listas e anotações faz com que o cérebro comece a entender a nova rotina e ajuda a diminuir a ansiedade e o estresse. Uma dica é repensar os espaços da sua casa e, quem sabe, mudar alguns móveis de lugar.

Outra recomendação é: aprenda coisas novas. Um novo idioma, uma nova atividade, uma nova habilidade, um novo livro. É uma ótima hora para retomar algum hábito antigo que foi deixado de lado pela falta de tempo. Diversas plataformas online estão oferecendo cursos gratuitos durante a quarentena, além de museus e óperas.

Exercitar a mente é muito importante não só nesse momento, mas em toda parte da vida. Sites como Brain HQ e Racha Cuca ajudam no raciocínio lógico e na memória. Outra opção é praticar atividades como meditação, yoga e mindfullness.

Realizar exercícios físicos por 15 minutos é uma ótima forma de trabalhar o coração, a respiração, distribuição de sangue e oxigênio que vai para o cérebro, além do aumento do seu metabolismo. Você pode adaptar itens da sua casa, como um saco de feijão, para substituir os pesos utilizados na academia.

Utilize a tecnologia a seu favor. Baixe aplicativos para se distrair e aproveite também para conversas com seus familiares através do Skype, por exemplo, ou até mesmo pela chamada de vídeo do WhatsApp. E não tenha vergonha de pedir ajuda. Está faltando algo em casa? Pergunte se alguém pode ir ao mercado por você. Ou utilize plataformas como o Rappi para pedir suas comidas preferidas.

E não se esqueça: Juntos, somos mais fortes!

Fonte: Folha de S. Paulo

26 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *